1 segundo de escuridão

Mesmo alguém como eu, que divide as próprias sessões de terapia na internet, sei que alguns assuntos são tabus, não importa o nível de coragem ou desprendimento que se cultive. Eu já dividi algumas das partes mais felizes da minha vida por aqui, assim como alguns dos tons mais escuros da minha dor. A gente Leia mais… »

A primeira década publicitária

É difícil chegar a uma década de algo e não olhar pra trás com no mínimo, alguma ressalva. Eu nunca havia completado 10 anos de nada referente a minha vida adulta, até hoje. Eu me formei há 10 anos. Caralho! 10 anos. Sim, com direito a toga, medo de tropeçar na hora de pegar o Leia mais… »

Fica tranquilo, pai.

“Fica tranquila”. É assim que ele sempre encerra a ligação, por mais que eu às vezes só tenha ligado pra dar um alô. “Fica tranquila” é a frase que meu pai mais me diz. Se eu tô brava. Se tô triste. Se tô feliz. E até se tô tranquila.   Eu temo ter me dado Leia mais… »

Ressignificar

Eu moro na praia. Um lugar tranquilo. Toda vez que eu abro a janela, eu posso ouvir o mar. As ondas quebrando. Você não imagina o quanto o som é relaxante. Isso claro, até o momento em que a Vera acorda. A Vera é a vizinha do lado, cujo único prazer, ao que me parece, Leia mais… »

Uma carta de amor à leitora

Oi. A gente não se conhece pessoalmente, mas saiba que eu te amo. Num mundo “internético” tão voraz e sem compaixão, você veio parar aqui no meu divã, e assim, do “nada” roubou meu coração. É estranho, e eu sigo não entendendo muito bem. Eu faço essas sessões de terapia abertas, expondo o meu melhor, Leia mais… »

Pequenos grandes mestres

Eu pensei que ia demorar mais para eu levar um baile dos meus irmãos. lembro deles ainda tão pequeninhos. Eu nunca imaginei que com 7 anos de idade, a gente trocaria de lugar entre mestre e aprendiz, mas isso aconteceu. Eu devia estar ocupada no meu celular ou pagando boletos enquanto eles criaram senso crítico Leia mais… »

Alerta de felicidade

Existem poucas coisas no mundo que despertam mais o espirito humano como a busca pela felicidade. A gente a procura a felicidade na pessoa que segura a nossa mão, nos copos de cachaça, no picolé de uva, na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê. Leia mais… »

A hemorroida e eu

Eu fico muito impactada com a capacidade que temos em criar tabu sobre coisas naturais. Há uns cinco anos atrás, me saiu uma hemorroida. Sim, aquela veinha inchada que dá no reto e no ânus. O vulgo cu. Meu ex namorado – que era mais desavisado que eu – na época, quando viu, me acusou Leia mais… »

A âncora

A âncora sempre teve um significado muito simbólico pra mim. Havia uma época que eu a relacionava com alguns relacionamentos meus. Sempre me puxando pra baixo, me afundando. Na minha cabeça eu precisava da âncora, ora, pois como ia andar por aí sem a segurança da âncora? E se eu ficasse cansada? Se houvessem maremotos? Leia mais… »

13 conselhos que você não pediu pra viver bem  

Infelizmente vivemos na ditadura das listas. “12 razões porque você deve viajar”. “7 formas de ficar magra comendo sorvete”. “Namore com alguém que tenha essas 3 atitudes”. Eu, que sou aquariana, e que nasci sabendo que não sou obrigada a nada, confesso que acho essas formulas mágicas do tipo “bastantão” que deviam servir pra todo Leia mais… »