Desligue o f*da-se

Eu morro de inveja de todos vocês, seres humanos, que não tem problema nenhum em ligar o foda-se. Nenhum. Sério, e eu sou super fã de um desapego, ao passo que não tenho nenhum talento para o mesmo.  Adoro analisar pessoas que não ficam constrangidas em dar de ombros para assuntos e indivíduos. O vulgo Leia mais… »

Alerta de felicidade

Existem poucas coisas no mundo que despertam mais o espirito humano como a busca pela felicidade. A gente a procura a felicidade na pessoa que segura a nossa mão, nos copos de cachaça, no picolé de uva, na rua, na chuva, na fazenda, ou numa casinha de sapê. Leia mais… »

Mãe: coisa de Deus ou de Darwin?

Talvez tivesse que ser assim. Talvez a nossa humanidade tivesse mesmo que nascer dentro de outro ser humano para garantir que pelo menos uma pessoa no mundo, ia amar a gente de qualquer forma. Acima dos peitos vertendo leite e mamilos doloridos. Acima das fraldas. Isso sem contar a pá de decepções que, vez que Leia mais… »

A hemorroida e eu

Eu fico muito impactada com a capacidade que temos em criar tabu sobre coisas naturais. Há uns cinco anos atrás, me saiu uma hemorroida. Sim, aquela veinha inchada que dá no reto e no ânus. O vulgo cu. Meu ex namorado – que era mais desavisado que eu – na época, quando viu, me acusou Leia mais… »

Ao homem que eu amo, muito obrigada.

Estou desconsiderando a regra número um do nosso relacionamento, que é preservar tua intimidade. Sim, “tu não nasceu pra ser famoso”, e mesmo assim estou aqui fazendo um agradecimento público. Indevido, mas necessário. Meu amor, eu andei por anos estraçalhando meu coração da forma mais indigna. Eu me entreguei a pessoas que não me deram Leia mais… »

Papo ao vivo – Movimento de Expansão

Ontem rolou uma live super bacana com a galera do Movimento de Expansão. A temática era “Aprendizado e cura através da escrita e do processo criativo”, mas a gente falou de trabalho, amor, de luto, de bobagem, de verdade, enfim, de tudo um pouco. Quer saber mais sobre escrita criativa? Sinaliza teu interesse no inbos Leia mais… »

A âncora

A âncora sempre teve um significado muito simbólico pra mim. Havia uma época que eu a relacionava com alguns relacionamentos meus. Sempre me puxando pra baixo, me afundando. Na minha cabeça eu precisava da âncora, ora, pois como ia andar por aí sem a segurança da âncora? E se eu ficasse cansada? Se houvessem maremotos? Leia mais… »

13 conselhos que você não pediu pra viver bem  

Infelizmente vivemos na ditadura das listas. “12 razões porque você deve viajar”. “7 formas de ficar magra comendo sorvete”. “Namore com alguém que tenha essas 3 atitudes”. Eu, que sou aquariana, e que nasci sabendo que não sou obrigada a nada, confesso que acho essas formulas mágicas do tipo “bastantão” que deviam servir pra todo Leia mais… »

Diga-me com quem andas…

Eu não confio em pessoas sem amigos de longa data. Desculpe, mas não consigo. Sempre que conheço uma pessoa nova, gosto de saber sobre seus amigos. Quem são, o que fazem, e como começou a amizade. Se alguém me conta que mantém os amigos de escola na vida adulta, tenho tendências fortes a criar vínculos. Leia mais… »

Meu tempo não é pra qualquer um

Esse ano uma chave poderosa virou pra mim. Ou seria um ponteiro? Eu passei a perceber o tempo como o único recurso da minha vida que eu não posso mais desperdiçar. Veja, eu posso desperdiçar dinheiro, se assim quiser, caso tenha determinação e meios para fazer mais dinheiro. Eu posso desperdiçar chances, se eu souber Leia mais… »