Ahhh novinho…

Eu sempre gostei de caras mais velhos que eu. Sempre. Desde a adolescência, e para o desespero dos meus pais, os rapazes com mais idade sempre atraíram a minha atenção. Eu ouvi dizer que as mulheres amadurecem mais cedo, e eu usava essa teoria para justificar minha admiração pelos anos a mais que meus affaires Leia mais… »

A arte de decepcionar

Dia desses mandei uma mensagem arriadinha para uma amiga, sobre um antigo affaire que havia casado na Tailândia. No outro dia, o comentário dela foi longe de ser uma piada. Lembrou-me de que eu havia me esquecido de seu aniversário, que não havia ligado para o namorado dela, um grande amigo meu, cuja mãe estava Leia mais… »

7 segundos

Eu tenho uma obsessão por momentos que desafiam as métricas do relógio. Sabe, aqueles instantes cujas emoções são tão intensas, as expectativas tão palpáveis, que o tempo parece desacelerar? Eu vivo por momentos assim. Guardo-os todos em caixinhas estofadas do meu coração, como recordações das mais queridas. Adoro quando as borboletas na minha barriga alçam Leia mais… »

A rua é delas | Coisa de Antônia

Ehhhhhhhhhhhhhhh!! Ontem teve protesto, e foi lindo! Cola lá na Rede Atlântida, que o Coisa de Antônia fez a cobertura! Clique na imagem:  

O que eu quero

Depois de um tempo lidando com o passado das nossas relações, é impossível não colecionar uma lista daquilo que a gente quer evitar no futuro. E a tendência é começarmos a ficar com a casca mais grossa e um pouco mais intolerante com os desconfortos naturais causados por novos pretendentes. O que eu não quero Leia mais… »

O primeiro frio

Hoje foi aquele dia do ano em que admitimos que o período de estações mais quentes acabou. Do sudeste ao sul do país, esta terça-feira foi dia de procurar um casaquinho e considerar não apenas a troca de guarda-roupas, mas também a troca de cenários. Ruas mais vazias, programações mais caseiras e vinho. Ora, se tem Leia mais… »

Coisa de Antônia: A gente namora, mas você não sabe

No ATL Girls da Rede Atlântida o Coisa de Antônia (de Maria, de Carolina, de Tatiana, Larissa, Gabriela…) desta semana trata da habilidade feminina de criar romances… ainda que sozinha. E você, já imaginou um amor todo seu? Pula pra lá, sua desvairadinha, e conta pra nós:

Inspiração contagiosa

Uma das grandes maravilhas do ser humano é a sua capacidade de reciclar a fé na vida. A esperança parece uma daquelas mudinhas que nasce em meio a uma rachadura no concreto ou no asfalto, sabe? Sob as condições mais improváveis de sobrevivência, vinda lá debaixo da dureza do curso da vida, ela insiste, empurra, renasce. Leia mais… »

Coisa de Antônia: O lado negro da força

Ai, ai, ai. Tá difícil de enxergar na escuridão da negatividade. Pois peguem seus sabres de luz e venham comigo lutar contra o lado negro da força no ATL Girls da Rede Atlântida. No botão  abaixo, clicar você deve – diria Yoda.  

Coisa de Antônia: A Recaída 

Eu fiz de tudo pra evitar uma recaída. Mas evitar uma recaída é tão eficaz quando evitar um tropeção. Não tem como se prevenir de um tropeção, tem? No ATL Girls de hoje na Rede Atlântida, as delícias e malícias de uma recaída. Tropeça pra pra lá!