ATL Girls

Coisa de Antônia: A Recaída 

em
11 de setembro de 2015

Eu fiz de tudo pra evitar uma recaída. Mas evitar uma recaída é tão eficaz quando evitar um tropeção. Não tem como se prevenir de um tropeção, tem?
No ATL Girls de hoje na Rede Atlântida, as delícias e malícias de uma recaída. Tropeça pra pra lá!

Palavras-Chave
SESSÕES RELACIONADAS
6 Comments
  1. Responder

    Nere

    10 de novembro de 2015

    Sou sua fã! Comecei a te acompanhar no inicio do ano e desde então espero ansiosamente a saída das tuas novas cronicas. És uma escritora maravilhosa. Só te desejo sucesso. Um grande beijo.

  2. Responder

    Cleia Leandro Falcao

    13 de setembro de 2015

    Olá bom dia Antônia. Já te sigo há um certo tempo e adoro as suas crônicas. Mas, ultimamente não tenho conseguido abrir a página da crônica do dia por que será?
    Um grande abraço,
    Cleia

    • Responder

      Antônia no Divã

      14 de setembro de 2015

      Oi Cleia. Encaminhei teu comentário pra minha equipe de TI. Se aparecer de novo, tenta pegar pra mim o número (código) do erro que aparece? Assim fica mais fácil de diagnosticar. Mas não desiste de mim, por favor! <3 beijos e obrigada

  3. Responder

    Gracilene

    11 de setembro de 2015

    Sensacional Antônia!!! Maravilhada, extasiada, agradecida por descrever com tamanha precisão quanta coisa cabe no espaço entre a necessidade da mente de puxar o barco e a gostosa teimosia do coração em jogar a âncora…

    • Responder

      Antônia no Divã

      14 de setembro de 2015

      Tô usando a âncora de colar já… ou seria coleira. hahaha, beijos Gracilene!

      • Responder

        Gracilene

        16 de setembro de 2015

        hahahaha…colar ou coleira, se a felicidade se fizer presente já tá valendo! bjs!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Aline Mazzocchi
No divã e pelo mundo

De batismo, sim, Aline. Mas eu precisei do codinome Antônia - do latim "de valor inestimável" - para dividir minhas sessões públicas de escrita-terapia. O que divido aqui é o melhor e o pior de mim, tudo que aprendi no divã e botando o pé na estrada. Não para que dizer como você deve ver a vida. Mas para que essa eterna busca pelo auto-conhecimento, não seja uma jornada solitária, ainda que pessoal e intransferível. Então fique a vontade pra dividir o divã e algumas boas histórias comigo. contato@antonianodiva.com.br

SESSÕES NO SEU E-MAIL
PESQUISE AQUI