Impaciência amorosa

Hoje em dia é um desafio estar num relacionamento. Não, espera. Estar num relacionamento sempre foi um desafio, não me leve a mal. Mas nada se compara aos tempos líquidos que vivemos. Temos prospecções nas pontas dos dedos através de aplicativos. Contatinhos no whatsapp. A coisa ficou de tal forma que dá pra encomendar uma Leia mais… »

Grelo Azul – a sina de um tesão não atendido

Eu juro que fiquei temerosa quando senti pela primeira vez. Segurei o segredo comigo, e jurei que tinha alguma coisa errada lá em baixo. Eu já havia ouvido falar sobre as tais “bolas azuis” ou “roxas”, condição descrita pelos rapazes quando ficavam muito excitados e por algum motivo repreendiam a “descarga elétrica”. Mas eu era Leia mais… »

Amores de verão

Lembro de amores de verão datando o mesmo tempo que lembro de ir para a praia. Eles acontecem como aquelas tempestades de final de tarde. Você nunca prevê quando e como elas chegam, mas sabem que elas são garantidas na temporada de férias, tal como praia cheia, milho caindo na areia e uma tostada do Leia mais… »

Papa-Gringo

“Garota, você ia pirar na Vila Olímpica”. Essa foi a mensagem de uma amiga direto do Rio. No meio de um grupo de whatsapp de 17 mulheres, foi para mim direcionado o foco dos romances intercontinentais.  “Papa-gringo”, algumas amigas  me chamam tirando sarro, devido ao meu interesse pelos espécimes que vem de fora. Não que Leia mais… »

7 segundos

Eu tenho uma obsessão por momentos que desafiam as métricas do relógio. Sabe, aqueles instantes cujas emoções são tão intensas, as expectativas tão palpáveis, que o tempo parece desacelerar? Eu vivo por momentos assim. Guardo-os todos em caixinhas estofadas do meu coração, como recordações das mais queridas. Adoro quando as borboletas na minha barriga alçam Leia mais… »

Os 3 caras que me fizeram broxar | Coisa de Antônia

O Gildo, o Frota e o Caio são os caras que me fizeram broxar. Quer saber o que eles fizeram de errado? Pula lá no ATL Girls da Rede Atlântida, clicando na imagem abaixo:

Socorro, eu não tenho um namorado! | Coisa de Antônia

Ontem foi dia de Coisa de Antônia no ATL Girls da Rede Atlântida, e a gente tratou do drama de não ter um namorado neste dia 12 de junho e todos os outros dias. Convoco você leitor, a entender a pior parte de não ter um namorado, clicando na imagem abaixo. Aliás, convoco você, e Leia mais… »

O que eu quero

Depois de um tempo lidando com o passado das nossas relações, é impossível não colecionar uma lista daquilo que a gente quer evitar no futuro. E a tendência é começarmos a ficar com a casca mais grossa e um pouco mais intolerante com os desconfortos naturais causados por novos pretendentes. O que eu não quero Leia mais… »

O verão é dos solteiros

Desculpem-me os casados. Vocês tem o inverno todinho pra vocês, com viagens delícia para a serra, cobertores de orelha e alguém para esquentar seus pés. Longas horas embaixo das cobertas deflorando o Netflix ou seus próprios corpos – pouco importa o frio que faz lá fora quando o calor está garantido. Enquanto nós, solteiros, padecemos na Leia mais… »

Coisa de Antônia: A dona do pedaço

“Baratas, faxina, mobília, aluguel. Ora, mas por que diabos a gente sai de casa então?” Vem comigo no ATL Girls da Rede Atlântida, que o Coisa de Antônia de hoje fala sobre as delícias e perrengues de ser a dona do pedaço! Te joga pro meu canto lá, clicando na imagem: