Meu tempo não é pra qualquer um

Esse ano uma chave poderosa virou pra mim. Ou seria um ponteiro? Eu passei a perceber o tempo como o único recurso da minha vida que eu não posso mais desperdiçar. Veja, eu posso desperdiçar dinheiro, se assim quiser, caso tenha determinação e meios para fazer mais dinheiro. Eu posso desperdiçar chances, se eu souber Leia mais… »

As grandes lições

Já percebeu como algumas das maiores lições da vida não são lhe entregues de mão-beijada? Existe uma premissa de que o conhecimento está associado com merecimento. “Cerca Trova” – “Busca e encontrarás”, Giorgio Vasari já dava a dica sobre um dos maiores mistérios da história da arte. Conhecimento é algo valioso que precisa ser decifrado. Leia mais… »

Socorro: tem alguém dormindo na minha cama

Dividir a cama com alguém, sempre foi tabu pra mim. Ok deixe-me reformular esta frase. Dividir a cama para dormir com alguém, sempre foi tabu pra mim. Eu não tenho tantos problemas em dividir a cama para ficar acordada (ui, adoro!). Mas perceba que sexo – por vezes – pode ser pura e simplesmente um Leia mais… »

Comece antes de estar pronto

Meu trabalho e profissão viraram do avesso desde que eu decidi sair de um emprego fixo, com uma cadeira só minha e um cartão de visitas com o meu nome. Eu não tenho mais horário, rotina, e meu escritório é uma mochila nas minhas costas. A única coisa fixa nesta minha nova realidade é a Leia mais… »

Meus passos

Tudo começou em um carnaval há dois anos. Depois de algumas cervejas, era hora de me locomover, e pedi a uma amiga que não havia bebido para levar o meu carro até a lancheria onde curaríamos a nossa bebedeira. Horas depois de comer, eu já estava me sentindo melhor para dirigir – aliás, eu já Leia mais… »

A vistoria

Eu queria poder parar de escrever sobre isso, entretanto estes sentimentos são tão presentes quanto a minha própria presença. Tão visíveis quando a roupa que eu visto. Tão urgentes quanto à vontade que eu tenho de seguir adiante. Leia mais… »

Coisa de Antônia: karma’s a bitch!

Sabe o que Ronda Rousey, Malala, você e eu temos em comum?           Um carma!  E no “Coisa de Antônia” de hoje no ATL Girls da Rede Atlântida, eu conto como ele funciona. Pula pra lá: