#meupresenteéminhavida

Procura-se uma notícia boa.

em
11 de março de 2019

Ela pode ser você!

Gosto de pensar que pra cada infortúnio que acontece, tem alguém se esforçando pra fazer a diferença no mundo e renovar a nossa fé. Foi assim comigo. Foi desta forma que eu consegui começar a curar a maior dor que já senti. Eu vi na doação de sangue a possibilidade de fazer algo pela dor de alguém, enquanto era incapaz de diminuir a minha.

De lá pra cá foram 3 anos de campanha conquistamos o total de 190 doações que representam a chance de salvar 760 pessoas. Eu encontrei nesse projeto um motivo pra acreditar no ser humano, e me emocionar. Muito. A cada entrega o meu coração pulsava mais forte, como se eu mesma fosse a receptora de uma nova chance. Sim, porque como eu teimo em explicar, sangue não é algo que podemos comprar em um supermercado. Ele depende obrigatoriamente da boa vontade de alguém. E eu tive a sorte de encontrar 190 pessoas – novatas ou reincidentes – dispostas a dar uma notícia boa para alguém que estava precisando. A chance de UMA em um milhão de encontrar um doador de medula óssea.

Neste ano a campanha se despede no formato que sempre foi feito. É o último ano que realizamos ela assim, para que se tudo der certo, potencializá-la de uma outra forma. Esse ano ela é uma despedida honrosa para a razão inicial que nos motivou, porque nós também acreditamos que alguns encerramentos são necessários. Que temos que ressignificar o nosso legado, assinando ele com o nome próprio e deixar as homenagens apenas nas nossas orações.

Então por isso, o pedido e convite é pessoal e intransferível. Meu pedido. De hoje até 12 de abril a nossa meta é reunir 30 doadores. O esquema é bem simples, doar sangue em qualquer lugar do mundo, e postar uma foto da doação para incentivar que outras pessoas o façam. Pronto! O mês de março é um mês que merece uma urgência por conta do esvaziamento das cidades durante as férias e aumento dos acidentes de trânsito. Então se você precisa de uma razão lógica para participar, pensa que que a hora é agora. Agora se você precisa de um incentivo irresistível – o ato de doar faz um bem danado. Basta olhar o resultado da campanha do ano passado neste vídeo.

Faça isso pelo outro, mas faça também por você. Traga uma notícia boa pra esse mundo. Sua vida é um presente, e pode ser o presente de alguém também.

Use a #meupresenteéminhavida se quiser entrar na nossa contagem. Ou não, ou “só” doe.

Você será sensacional por isso.


Desafio você a assistir o vídeo e não se emocionar. Faça parte desta história.


Palavras-Chave

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Aline Mazzocchi
No divã e pelo mundo

De batismo, sim, Aline. Mas eu precisei do codinome Antônia - do latim "de valor inestimável" - para dividir minhas sessões públicas de escrita-terapia. O que divido aqui é o melhor e o pior de mim, tudo que aprendi no divã e botando o pé na estrada. Não para que dizer como você deve ver a vida. Mas para que essa eterna busca pelo auto-conhecimento, não seja uma jornada solitária, ainda que pessoal e intransferível. Então fique a vontade pra dividir o divã e algumas boas histórias comigo. contato@antonianodiva.com.br

SESSÕES NO SEU E-MAIL
PESQUISE AQUI