1 segundo de escuridão

Mesmo alguém como eu, que divide as próprias sessões de terapia na internet, sei que alguns assuntos são tabus, não importa o nível de coragem ou desprendimento que se cultive. Eu já dividi algumas das partes mais felizes da minha vida por aqui, assim como alguns dos tons mais escuros da minha dor. A gente Leia mais… »

Baleia Rosa: o desafio por dias melhores

Nem todo dinheiro do mundo me faria reviver a minha adolescência. E perceba, eu fui adolescente antes de bullying ter nome, de tão feio que era. Isso considerando que eu era uma privilegiada – magra, branca, classe média, com nenhum atributo aparente para tornar-se foco de um ataque. Ainda assim, adolescentes sabem ser cruéis. Já Leia mais… »