Me ame quando for difícil 

Eu sei que hoje eu deveria ser romântica. Pensar em botões de rosas e sushis hiper-faturados a luz de velas. Sei que deveria repetir as juras de amor dignas dos apaixonados e fazer votos de amores daqueles “felizes para sempre”. Mas sinceramente o amor que quero é outro. Me ame quando for difícil me amar. Leia mais… »

Os 3 amores

Já percebeu como o amor é uma matéria totalmente experimental? Sim, porque seus pais não chegam numa certa idade para ter “aquela conversa” sobre o amor com você. A gente tem “aquela conversa” sobre sexo, que, diga-se de passagem, é um tema muito mais técnico, com vasta bibliografia explicativa e em tese, muito mais simples Leia mais… »

Ele é de câncer

Não sei o quanto a influência do cosmos interfere na relação das pessoas, mas nunca neguei a forte presença de aquário na maneira como eu levo a vida. Já tive virginianos que ferraram com a minha estrutura, em compensação três das mulheres que mais amo e me toleram são do mesmo signo. O meu irmão Leia mais… »

Amores de verão

Lembro de amores de verão datando o mesmo tempo que lembro de ir para a praia. Eles acontecem como aquelas tempestades de final de tarde. Você nunca prevê quando e como elas chegam, mas sabem que elas são garantidas na temporada de férias, tal como praia cheia, milho caindo na areia e uma tostada do Leia mais… »

7 segundos

Eu tenho uma obsessão por momentos que desafiam as métricas do relógio. Sabe, aqueles instantes cujas emoções são tão intensas, as expectativas tão palpáveis, que o tempo parece desacelerar? Eu vivo por momentos assim. Guardo-os todos em caixinhas estofadas do meu coração, como recordações das mais queridas. Adoro quando as borboletas na minha barriga alçam Leia mais… »

Socorro, eu não tenho um namorado! | Coisa de Antônia

Ontem foi dia de Coisa de Antônia no ATL Girls da Rede Atlântida, e a gente tratou do drama de não ter um namorado neste dia 12 de junho e todos os outros dias. Convoco você leitor, a entender a pior parte de não ter um namorado, clicando na imagem abaixo. Aliás, convoco você, e Leia mais… »

Terapia do Beijo | Coisa de Antônia

“Amo os beijos de paixão. Sinto a endorfina agir, o coração bombear e a pele arrepiar só de pensar em beijos de paixão. Todo e qualquer batimento cardíaco acelerado vale a pena quando o ímpeto é matar a sede no desejo do outro. Beijos daqueles “que delicia ter você pra sempre” ou dos“tomara que essa Leia mais… »

Amor, cadê você? | Coisa de Antônia

Já se deu conta que hoje é mais fácil achar dinheiro na rua, do que amor? Hoje no Coisa de Antônia no ATL Girls da Rede Atlântida, a implacável busca por essas quatro letras que mexem com a cabeça de qualquer vivente. Leia mais… »

O verão é dos solteiros

Desculpem-me os casados. Vocês tem o inverno todinho pra vocês, com viagens delícia para a serra, cobertores de orelha e alguém para esquentar seus pés. Longas horas embaixo das cobertas deflorando o Netflix ou seus próprios corpos – pouco importa o frio que faz lá fora quando o calor está garantido. Enquanto nós, solteiros, padecemos na Leia mais… »

Coisa de Antônia: A gente namora, mas você não sabe

No ATL Girls da Rede Atlântida o Coisa de Antônia (de Maria, de Carolina, de Tatiana, Larissa, Gabriela…) desta semana trata da habilidade feminina de criar romances… ainda que sozinha. E você, já imaginou um amor todo seu? Pula pra lá, sua desvairadinha, e conta pra nós: