ATL Girls

Minha mãe nunca me deixou andar sozinha | Coisa de Antônia

em
5 de maio de 2016

Há uma semana, em um jogo do campeonato Holandês, a torcida do Go Ahead Eagles prestou uma homenagem ao goleiro Jelle ten Rouwelaar do time adversário NAC Breda. Aos 61 minutos do jogo, a torcida inteira colocou-se de pé e homenageou a mãe do goleiro, que partiu aos 61 anos, cantando a música You’ll Never Walk Alone, “Você nunca andará sozinho”.

A minha mãe nunca me deixou andar sozinha.  Dá um pulo no ATL Girls clicando na imagem abaixo, e descubra porque:

Minha mãe nunca me deixou andar sozinha

Palavras-Chave
SESSÕES RELACIONADAS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Aline Mazzocchi
No divã e pelo mundo

De batismo, sim, Aline. Mas eu precisei do codinome Antônia - do latim "de valor inestimável" - para dividir minhas sessões públicas de escrita-terapia. O que divido aqui é o melhor e o pior de mim, tudo que aprendi no divã e botando o pé na estrada. Não para que dizer como você deve ver a vida. Mas para que essa eterna busca pelo auto-conhecimento, não seja uma jornada solitária, ainda que pessoal e intransferível. Então fique a vontade pra dividir o divã e algumas boas histórias comigo. contato@antonianodiva.com.br

SESSÕES NO SEU E-MAIL
PESQUISE AQUI