Meta a colher SIM

Ontem uma das mulheres mais fodas que conheço me escreveu uma mensagem perguntando: “tu não vai te posicionar sobre o caso da advogada que foi espancada e jogada do 4º andar pelo marido?”. Eu entendi de imediato a solicitação. Eu virei uma voz ativa no feminismo. E não foi porque eu quis. Eu não tenho Leia mais… »